Atualize seu Navegador Nós detectamos que você esta usando uma versão obsoleta do Internet Explorer como seu navegador web.
Para entrar no site e usufruir de todos os recursos, por favor instale uma versão mais atual do IE.
Só levara alguns minutos para completar.

O site também pode ser visto usando:

Fale conosco agora!

Temos os melhores Serviços de Recrutamento e Seleção.

ORÇAMENTO

Formulário de contato

Preencha o formulário com seus dados, em breve entraremos em contato com você!

Notícias

Como se preparar para as MUDANÇAS culturais nas organizações

Embora a maioria de seus funcionários provavelmente entenda que sua principal responsabilidade no trabalho é - bem - trabalhar, saímos em defesa e procurando adivinhar que eles não querem serem tratados como zangões sem mente no processo.

 

No mundo hiper-conectado de hoje, os funcionários estão fazendo suas vozes serem ouvidas: eles querem se juntar a organizações que representam algo. Eles querem alinhar-se com uma cultura corporativa que se encaixe em suas próprias crenças e valores. Um lugar onde eles podem trazer seus melhores “eus” e contribuir de maneiras que fazem a diferença.

 

Então, antes de mergulhar de cabeça no processo de mudar corajosamente sua cultura sozinho, dê um passo para trás e perceba que seus funcionários podem querer fazer parte desse processo.

 

Que tipo de cultura deve existir para conduzir os comportamentos que você precisa para ter sucesso? E como você pode ajudar a navegar na mudança necessária para criar esse ambiente, um em que seus funcionários são realmente valorizados nos resultados?

 

5 FATORES A CONSIDERAR PARA UM ESFORÇO DE MUDANÇA DA CULTURA BEM SUCEDIDA

 

Infelizmente, não há uma única receita para desenvolver uma cultura de empresa que impulsiona o desempenho que você está procurando. A história, os objetivos, os valores e os modos de trabalho únicos da sua organização, determinam a cultura existente e a sua estratégia, determina a cultura de que necessita para ter êxito.

Em vez de se concentrar no que você acredita que irá atingir o desempenho desejado, seus esforços são melhor servidos focando em como as mudanças no local de trabalho, podem ajudar seus funcionários, a  se comportarem de maneiras que se alinham com a execução de sua estratégia. Se a sua cultura atual está impedindo seus funcionários de fazer o seu melhor trabalho, essa cultura precisa mudar.

 

Aqui estão 5 fatores a considerar, antes de começar:

 

 

  • Não espere. Se você sabe que sua cultura é ineficaz para conduzir os comportamentos que você precisa de sua equipe, você não pode se esconder atrás da ilusão de que ela vai magicamente melhorar, uma vez que o negócio pega ou a estrutura da sua empresa evolui.

 

 

Sua competição mais dura é melhorar a cultura da empresa o tempo todo, reagir às mudanças no mercado antes que elas aconteçam e projetar intencionalmente sua cultura para incentivar os funcionários produtivos. Não espere para começar a criar a cultura de sua empresa. Esteja um passo a frente de seus concorrentes.

 

 

  • Seja rigoroso. Mudança organizacional é difícil, complexo e não é muito prazeroso. É imperativo que os esforços de mudança de cultura sejam conduzidos de forma metódica, os detalhes sejam gerenciados e as ações sejam coordenadas e integradas em toda a organização.

 

 

Também é fundamental que um plano abrangente de avaliação e medição seja desenvolvido para que os resultados possam ser entendidos. Se não estamos medindo o nosso progresso em termos de resultados empresariais, como sabemos se fomos bem sucedidos? Pior ainda, como sabemos quando, o que estamos fazendo, não está correto e precisamos mudar de rumo?

 

 

  • Contratar um especialista. Como você pode esperar para conduzir com êxito um esforço de mudança de cultura com pouco ou nenhum conhecimento sobre o tema? Isso é semelhante à realização de cirurgia de coração aberto em si mesmo: Mesmo se você é um cirurgião cardíaco, provavelmente não é aconselhável.

 

 

Navegar o esforço de mudança de cultura da sua empresa pode ser complicado quando você está bem no meio dela. Quando você está no leme, é especialmente difícil ver problemas objetivos em diferentes níveis de sua organização.

 

Contratando um profissional experiente, pode ajudá-lo a compreender as mudanças que você precisa fazer e orientá-lo em um plano para implementá-los. Pode ser difícil embarcar em uma nova direção para sua empresa sozinho, e é especialmente difícil quando você está acostumado a uma determinada maneira de fazer as coisas.

 

 

  • Assuma a responsabilidade. Especialistas externos podem ajudá-lo a percorrer sua jornada, mas você é, em última instância, responsável por orientar sua organização através do esforço de mudança.

 

Líderes que acreditam que podem apenas terceirizar sua cultura ficarão decepcionados com o resultado. Se a sua organização precisa que as pessoas se comportem de maneiras diferentes para conduzir o sucesso, então esteja preparado para dar um passo à frente e liderar.

 

Isso significa modelar o papel e conversar com as partes interessadas sobre por que a mudança é necessária. Significa remover os obstáculos para que outros possam ajudar a impulsionar a mudança em toda a organização. E isso exige que você seja consciente sobre como você reage em cada situação, porque o que você diz e faz envia mensagens muito claras sobre o que você valoriza.

 

 

  • Entender que a cultura é um esforço de equipe. A cultura é um conceito coletivo e deve ser discutido, evoluído e celebrado pelo coletivo. Isso não termina na porta da frente da sua empresa. As mudanças culturais mais bem sucedidas são aquelas em que os esforços envolvem todos os interessados ​​no processo.

 

 

Faça com que os membros da sua equipe se sintam valorizados, pedindo sua contribuição. Do cargo mais baixo para o executivo mais alto, certifique-se que todos têm uma palavra a dizer. Todos os funcionários devem se sentir como se tivessem propriedade na cultura da sua empresa, não apenas os altos executivos.

 

Os processos de mudanças culturais mais eficazes são aqueles que seguiram as cinco dicas acima. São as organizações e os líderes que jogam o jogo longo. São as organizações que não vêem a cultura como um "projeto", mas sim como uma dinâmica fundamental e colaborativa em sua organização, que tem um impacto maciço no comportamento das pessoas.

 

Deve ser destinado atenção e tempo sobre esclarecer e alinhar sua estratégia organizacional. Liderança e cultura é um esforço contínuo. O ambiente de negócios evolui, e assim deve a maneira como você conduz.

 

As organizações que são pró-ativas sobre a evolução para enfrentar os desafios de amanhã, são aquelas que irão superar a concorrência. Aqueles que têm uma abordagem reacionária, estão destinados a viver em modo de combate a incêndios e são capazes de tomar decisões pobres que levam ao declínio. Em que lado da equação a sua empresa esta?